A greve dos servidores públicos de Hortolândia chega ao seu quinto dia. A categoria pediu um aumento de 7% de reajuste, mas a prefeitura ofereceu somente 1,56%. Este é mais um exemplo de precarização do serviço público. É fundamental que os servidores tenham suas reivindicações atendidas. A valorização profissional é imprescindível para que haja um serviço público de qualidade.

Veja no G1.