Sem palavras.

Até quando o julgamento e a culpa vai recair sobre a vida das mulheres que ousam denunciar a violência?

Veja reportagem no MarieClaire.