No primeiro semestre deste ano ocorreram 46.097 casos de dengue no Estado de São Paulo. Aqui na RMC foram 4316, sendo que destes, 1326 foram de casos onde a pessoa foi infectada na cidade em que vive (autóctones).

Em Campinas ocorreram 1386 casos ao todo, sendo 208 autóctones.
A situação é mais grave na cidade de Santo Antônio de Posse, onde 879 dos 1123 casos foram contraídos na própria cidade. Ao todo, 3 pessoas já faleceram em decorrência da dengue.

Por duas vezes, o Brasil já foi considerado livre do Aedes aegypti, mosquito que transmite a dengue e que pode transmitir também zica e outras doenças.

Hoje, qualquer forma de combate ao mosquito requer muito investimento, infraestrutura e conscientização da população e governo. No entanto, em toda a RMC existem apenas 1.604 agentes comunitários de saúde (Tabnet.SUS – junho de 2016).

Aqui em Campinas há ao todo 694 agentes de saúde (1 para cada 1.690 habitantes) e, em Santo Antônio de Posse, apenas 25 (1 para cada 903 habitantes).