A notícia de ontem sobre a ação da Polícia Federal e Ministério Público que investiga fraudes em financiamentos realizados pelos fundos de pensão Postalis e Serpro deve servir de alerta! São inúmeros os casos de corrupção envolvendo a administração de fundos de pensão. Na delação de Joesley Batista, por exemplo, foi relatado que este teria pagado propina para que fundos investissem em obras superfaturadas. Vários fundos de pensão, muitos com denúncias e investigações de corrupção, vieram à falência e estão cobrando taxas extras, como por exemplo o Postalis – fundo dos trabalhadores dos Correios.

Em Campinas, a reforma da previdência que Jonas abre a possibilidade do CAMPREV participar de processos de privatização e Parceria-Público-Privada. Isso é uma avenida aberta para a corrupção! É inadmissível que a aposentadoria dos trabalhadores seja colocada em risco em nome dessas negociatas espúrias.

A defesa da previdência pública é a defesa do futuro digno para os trabalhadores!

veja reportagem da agência brasil.