Meus sentimentos à família do menino Nicolas, de apenas 7 anos, mais uma vítima de picada de escorpiões aqui no interior do nosso estado. Assim como aconteceu com a criança picada em uma creche de Barão Geraldo, distrito de Campinas, e o menino picado em Americana, agora temos um caso de falecimento de uma criança na cidade de Sumaré, cidade vizinha.

A família relata, inclusive, que não é a primeira vez que se deparam com o bicho dentro do apartamento.
Como já denunciamos aqui pela página, a infestação de escorpiões no interior do estado é uma problema de saúde pública gravíssimo! Sabemos que os escorpiões, assim como outros animais peçonhentos, são capazes de deslocarem-se por quilômetros durante a noite e que procuram buracos para se esconder.

É preciso cuidado com o acúmulo de lixo e o fechamento de ralos e outros caminhos possíveis para a chegada deles a área urbana.
Precisamos cobrar das autoridades respostas efetivas e vigilância constante a fim de evitar que mais pessoas se machuquem. É urgente que seja discutido, nos municípios e no Estado de São Paulo, políticas de prevenção ao ataque de escorpiões. Precisamos cobrar das autoridades estaduais respostas a este problema.

Veja reportagem do G1.