Câmara Municipal de Campinas aprova moção de protesto de Mariana Conti contra a violência policial em escola de SP

No dia 19 de fevereiro, em sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Campinas, os vereadores presentes aprovaram por unanimidade moção que repudia a ação violenta da PM realizada na noite da última terça (18) na Escola Estadual Emygdio de Barros, localizada na zona oeste de São Paulo. O episódio ganhou repercussão após a divulgação de um vídeo onde policiais aparecem agredindo e ameaçando jovens alunos com arma de fogo.
Na moção aprovada, além da manifestação do protesto da casa, há também recomendação pelo afastamento dos agentes de segurança, bem como reparação para com os jovens vítimas de violência.
“Essas ações já dominam cotidianamente os noticiários, o que não pode nos fazer naturalizar os fatos e sim evitar para que episódios como esse da escola ou como o do baile de Paraisópolis não sejam mais tão frequentes na realidade de jovens periféricos no Brasil”, comentou a vereadora Mariana Conti sobre o caso.