Assembléia lotada! O movimento de greve das trabalhadoras e trabalhadores da Unicamp continua, para defender os salários e a universidade pública.