Mais uma vez o governo Bolsonaro trabalha com a confusão de informações.

Sem apresentar exatamente a minuta da reforma da previdência o ministro Paulo Guedes aventa aqui e ali os pontos da reforma. O que o governo já demonstrou é a intenção dificultar o acesso à aposentadoria, elevando a idade mínima e os anos de contribuição. Na reunião com o presidente do STF, Paulo Guedes também falou sobre a desvinculação dos benefícios do salário mínimo. O que na prática significa congelar os benefícios e jogar a população mais pobre ainda mais na podreza.

Veja reportagem do estadão.