Defendemos uma ampla investigação das causas da explosão da refinaria

A 2ª Vara do Trabalho de Paulínia determinou que a Petrobras se manifeste quanto as condições de segurança para que os trabalhadores retomem a produção na Refinaria de Paulínia (Replan). Segundo o Sindipetro, uma das causas do acidente pode ter sido a sobrecarga de trabalho, a que estão submetidos os trabalhadores da empresa. Defendemos uma […]

28 Aug 2018, 16:37 Tempo de leitura: 0 minutos, 36 segundos

A 2ª Vara do Trabalho de Paulínia determinou que a Petrobras se manifeste quanto as condições de segurança para que os trabalhadores retomem a produção na Refinaria de Paulínia (Replan). Segundo o Sindipetro, uma das causas do acidente pode ter sido a sobrecarga de trabalho, a que estão submetidos os trabalhadores da empresa.

Defendemos uma ampla investigação das causas da explosão da refinaria, mas, desde já, alertamos para a situação dos trabalhadores da empresa. O desmonte da Petrobras não somente prejudica os trabalhadores, como propicia a entrega do patrimônio da empresa para os grandes conglomerados privados. A Petrobras é do povo brasileiro e não está à venda!

veja reportagem do G1.