E ainda tem quem defenda que a legislação de alguns estados norte-americanos sobre porte de armas deve ser copiado.

“Ferimentos por armas de fogo são a segunda maior causa de morte de crianças nos EUA, mas descobrimos uma clara discrepância em onde essas mortes acontecem que corresponde à força da legislação sobre armas dos estados — diz Stephanie Chao, professora de cirurgia pediátrica da Escola de Medicina da Universidade de Stanford e líder do primeiro estudo. — Nos estados com as leis mais lenientes, as crianças morrem a taxas assustadoramente maiores”.

veja reportagem do oglobo.