A Vereadora Mariana Conti apresentou projeto de lei que obriga o poder executivo a distribuir máscaras com peça facial, a PFF2, gratuitamente nos espaços de grande circulação da cidade de Campinas.

Estudos apontam que este é o modelo que oferece maior segurança e incide de forma mais contundente no combate à propagação do vírus, medida de prevenção essencial principalmente para a população trabalhadora. Depois de mais de um ano de pandemia, o país ultrapassou a marca de 470 mil mortes pela COVID-19 e ainda tem uma situação de propagação do vírus descontrolada.

“Estamos vivendo uma confluência de fatores terríveis no nosso país e na nossa cidade. A demora da ampla vacinação; a recusa dos governos federal, estadual e municipal em dar condições econômicas para que a maioria da população trabalhadora consiga fazer isolamento social, vide a redução drástica no valor do auxílio emergencial; e o agravamento do que tem sido chamado de ‘terceira onda’, a partir da disseminação de novas variantes. Nesse contexto, a distribuição de máscaras PFF2, que já se sabe ser a mais eficiente na contenção da transmissão, é fundamental e pode salvar vidas.” comenta a vereadora Mariana Conti.