Além de o acidente na Refinaria de Paulínia ter arriscado a vida de trabalhadores e da população, é possível que a água utilizada para apagar o incêndio tenha contaminado o rio Atibaia.

As autoridades governamentais não podem deixar essa situação passar incólume. Os moradores da região já sofreram uma vez com a contaminação no caso Shell/BASF e poderão sofrer mais uma vez.

Não podemos admitir mais um dano ambiental, por descuido dos responsáveis pela empresa e das autoridades governamentais.

Veja no G1,