Por: Mariana Conti

Na sessão de 05/08/2019 a Câmara Municipal aprovou uma moção, de minha autoria, que apela aos órgãos do patrimônio em nível nacional e estadual para que intercedam pelo salvamento do Casarão do Jambeiro.

O Casarão é um importante patrimônio histórico e arquitetônico campineiro. A antiga sede da fazenda Jambeiro foi projetada pelo arquiteto Ramos de Azevedo e construída em 1897. Desde que a construção foi reconhecida como patrimônio artístico e cultural e passou à propriedade da prefeitura, em 1993, foi abandonado às intempéries, de modo que hoje encontra-se em avançado processo de deterioração.

A moção que apresentei tem o objetivo de chamar a atenção das autoridades e fomentar o debate público, no intuito de evitar que Campinas perca, de modo irreparável, uma peça importante de sua história. O Casarão, uma vez restaurado, tem potencial para abrigar inúmeras atividades de caráter educacional e cultural.