O direito de ser mãe é uma luta diária. Primeiro pela superação da tradicional divisão do trabalho, que ainda insiste na ideia de que a mulher deve cuidar dos afazeres de casa. Enfrentar os mecanismos que geram opressão, violência e a cultura de abuso e assédio. Lutar contra as desiguais condições de trabalho, que impõem à mulher, a tripla jornada. Ou seja, profissão fora de casa, tarefas do lar e o cuidado dos filhos. A resistência e reivindicação pelos partos humanizados, levando em conta a decisão da mulher sobre a melhor forma de parto.

Nesse dia das mães, desejamos a todas as mulheres, o folêgo, a resistência, a esperança, a coragem, de acreditarem que é possível um mundo mais humanizado, igual e justo entre os gêneros. E por esses motivos, uma de nossas conquistas, é a instalação da Vara de Juizado Especializado em Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, em Campinas. Um grande passo na direção de proteção e cuidado das mulheres e mães.

www.marianacontipsol.com.br

#DiaDasMães #MarianaConti #PSOL #Campinas