Não podemos admitir que mensagens racistas, símbolos nazistas e ameaças de chacina sejam veiculadas em qualquer lugar, muito menos dentro de uma universidade. Ainda mais uma universidade que há pouco tempo aprovou cotas raciais por meio de um intenso processo de luta.

Racismo é crime e os autores desse ato criminoso tem que ser identificados e responsabilizados!

Veja no G1.