O Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA) é organizado como um contraponto ao Fórum Mundial da Água, este hegemonizado pelas grandes corporações, como Nestlé e Coca-Cola, que tem manifestado interesse em mercantilizar o acesso a água. O FAMA, por sua vez, é protagonizado por organizações da sociedade civil que compreendem a água como direito e não como mercadoria.

O Setorial Ecossocialista do PSOL está realizando atividades auto organizadas, debatendo com ativistas, caiçaras, indígenas, quilombolas, ribeirinhos, etc. sobre a necessidade de organização ecossocialista para a garantia da água para todas e todos.

O mandato da vereadora Mariana Conti (PSOL) está presente, representado pela Denise Vazquez, denunciando o projeto de construção das barragens de Duas Pontes e Pedreira. Sob o argumento de resolver a crise hídrica de SP, o governo Alckmin quer desmatar Áreas de Proteção Ambiental, desalojar famílias e ainda represar rios que já estão com qualidade comprometida.