Indico e compartilho aqui o filme-documentário do diretor Dino Menezes “Luz, Câmera, Inclusão… um filme sobre a Luta Antimanicomial”. O filme faz uma viagem de volta à década de 1980 para contar a história da Casa de Saúde Anchieta, em Santos, que naquela época ficou conhecida como Casa dos Horrores. O lugar era um retrato do abandono e descaso dos manicômios espalhados pelo Brasil, sempre marcados pela superlotação, falta de profissionais, maus-tratos.

O caminho que a Luta Antimanicomial percorreu desde então mudou a forma como a doença mental era tratada no Brasil, contudo, profissionais e movimento têm chamado atenção para os retrocessos na área.

Olhar para o nosso passado, para as concepções em torno das políticas públicas são balizas importantes para avaliar o presente e planejar o futuro. vejam o documentário, para que não se esqueça, para não nunca mais aconteça. 18 de maio Dia Nacional da Luta Antimanicomial.