Na última sessão da câmara o projeto Escola “sem” Partido saiu da pauta, mas a tramitação continua. Não podemos deixar passar os absurdos que essa proposta impõe.