Na última sessão, do dia 22/08, tratamos do sigilo dos dados das filhas e filhos de mulheres vítimas de violência – um assunto muito importante e essencial para a luta contra a violência contra as mulheres.
Queremos que os dados informados referente aos filhos de mulheres vítimas de violência sejam sigilosos, pois os agressores, que boa parte das vezes são os pais dessas crianças, se aproveitam deles para procurar e até perseguir as mulheres, e já encaminhamos indicação para a Secretaria Municipal de Educação para que trate do tema.

Assista aqui a intervenção feita sobre esse assunto:

É pela vida das mulheres!Na última sessão, do dia 22/08, tratamos do sigilo dos dados das filhas e filhos de mulheres vítimas de violência – um assunto muito importante e essencial para a luta contra a violência contra as mulheres.Queremos que os dados informados referente aos filhos de mulheres vítimas de violência sejam sigilosos, pois os agressores, que boa parte das vezes são os pais dessas crianças, se aproveitam deles para procurar e até perseguir as mulheres, e já encaminhamos indicação para a Secretaria Municipal de Educação para que trate do tema.Assista aqui a intervenção feita sobre esse assunto:

Posted by Mariana Conti on Friday, August 24, 2018