Governador João Doria vetou o Projeto de Lei 91 que previa funcionamento ininterrupto das Delegacias de Defesa da Mulher.

Só lembrando: manter essas unidades funcionando 24h era uma das suas promessas de campanha ao Governo de São Paulo.

Vamos cobrar!