Para lembrar e reforçar a resistência de negros e negras, para demarcar o enfrentamento ao racismo estrutural, para ser mais um esforço na construção de identidades.

A luta contra o racismo é cotidiana, sim, mas as estruturas que buscam invisibilizar a necessidade dessa luta, também. Hoje a data não é comemorativa, é uma afirmação.

A afirmação da visibilidade do papel da luta do negro na sociedade brasileira, e o recado de que essa luta vai continuar até o racismo ser superado!