Conquistamos a criação do cargo de defensor(a) vocacionado(a) para atuar junto ao Juizado de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a mulher.

Esta foi uma reivindicação que empreendemos assim que efetivada a instalação do Juizado em Campinas em maio deste ano, também fruto da luta coletiva das mulheres da cidade, aprovamos o requerimento na Comissão da Mulher, aliás, no mesmo dia em que comemorávamos a instalação do Juizado, encaminhamos o requerimento.

Participamos das reuniões do Conselho Superior da Defensoria para expor a demanda e, na última reunião do Conselho, nossa demanda foi acatada, mais essa vitória da luta das mulheres de Campinas.

Além da participação nas reuniões do Conselho Superior da Defensoria, de forma revezada com coletivos feministas da cidade, as Promotoras Legais Populares Cida da Terra de Campinas, organizaram um abaixo assinado apresentando a demanda!

Mais uma vitória provando que só a luta muda a vida.