Enviamos dois requerimentos ao prefeito Jonas, o primeiro solicitando esclarecimentos sobre a falta (substituição) de Intérpretes de Libras – Português na Escola Municipal Júlio de Mesquita para os 4º e 5º anos e o segundo acerca da quantidade de Intérpretes que atuam na rede municipal, assim como a previsão de contratação desses profissionais.

De acordo com dados da própria prefeitura, em Remuneração, consta na folha de pagamento de março deste ano, 11 Intérpretes de Libras e apenas 1 para a escola Júlio de Mesquita, revelando, portanto, quantidade reduzida do quadro de servidores dessa área.

A população com deficiência auditiva em 2010, por exemplo, de 0 a 14 anos era de 2.229 pessoas.

Queremos respostas sobre esse quadro tão caótico de desgoverno e falta de respeito à população.

www.marianacontipsol.com.br

#Libras #IntérpretesNasEscolas #MarianaConti #PSOL #Campinas