Cada dia fica mais nítido o jogo de interesses entre corporações, governo e congresso nacional. O discurso da necessidade “ajuste fiscal” é seletivamente usado para justificar cortes em direitos, contra-reformas, desmonte da aposentadoria. Ao mesmo tempo grandes negócios são realizados via orçamento público. O custo da crise é só para o andar de baixo.

veja reportagem do congresso em foco.