Cada dia o rombo é maior!
Há muito o que investigar. #CPIdaSaúdeJá

Auditoria realizada pela Prefeitura de Campinas na prestação de contas da Organização Social Vitale Saúde – que fazia a gestão do Hospital Ouro Verde – identificou “inconsistências” da ordem de R$ 20 milhões.

Leia reportagem completa no Blog da Rose.