Considerada uma das melhores legislações do mundo no combate à violência contra a mulher, a Lei Maria da Penha é fruto de muita resistência, muita luta, muita dor e muito sofrimento. Depois de mais uma década de sua aprovação, a realidade do país ainda choca: 1 mulher é agredida a cada 5 minutos, o país está na 5ª posição entre os países do mundo com maior taxa de feminicídios, estima-se que ocorreram cerca de 500 mil estupros só no ano de 2016.

É urgente e necessário ampliar a rede de proteção à mulher vítima de violência, atuar na prevenção e educação para o respeito, garantir as condições para que a Lei se efetive. Viver sem violência é um direito!